Domingo
23 de Junho de 2024 - 

Acesse o Sistema

Notícias

Endereço e contato

Antoine de Saint Exupery , 11 , Conjunto San Vale
Pitimbu
CEP: 59066-430
Natal / RN
+55 (84) 32073376

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

INSTITUCIONAL: Ação itinerante da Justiça Federal do Amapá leva atendimento essencial às áreas ribeirinhas do Baixo e Alto Jari/AP

A fim de levar serviços e atendimentos essenciais à população ribeirinha em áreas de difícil acesso e com apoio da Coordenação Regional dos Juizados Especiais Federais (Cojef), na figura do desembargador federal Carlos Pires Brandão, a Subseção Judiciária de Laranjal do Jari, no Amapá, promoveu a segunda etapa do primeiro Juizado Especial Federal Itinerante (Jefit) nas regiões do Baixo e Alto Rio Jari. A primeira fase da ação aconteceu nos dias 25 e 26 de março.    Na oportunidade, a juíza federal da Vara Única da Subseção Judiciária de Laranjal do Jari, Renata Almeida de Moura Isaac, liderou o esforço conjunto composto por representantes de persas instituições parceiras do evento como a Defensoria Pública do Amapá (DPE), Secretarias de Saúde e Assistência Social das prefeituras, Superfácil, Cartório Lourenço de Registro Civil, de Laranjal do Jari, e Cartório Reis, de Vitória do Jari.   Foram oferecidos à população serviços como a emissão de identidade, carteira de trabalho digital, cartão do SUS, certidão de nascimento, inscrição no Cadastro Único, entre outros. Além disso, a população teve a oportunidade de apresentar seus documentos e requerer a concessão de benefícios previdenciários e assistenciais.     A juíza federal Renata Almeida destacou “que essa iniciativa reforça o compromisso da Justiça Federal em levar a justiça e os serviços essenciais para aqueles que mais precisam, garantindo o acesso aos direitos fundamentais”.    RF, com informações da SJAP. Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região 
30/05/2023 (00:00)
Visitas no site:  1700883
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia