Quinta-feira
23 de Novembro de 2017 - 

Acesse o Sistema

Notícias

Endereço e contato

Antoine de Saint Exupery , 11 , Conjunto San Vale
Pitimbu
CEP: 59066-430
Natal / RN
+55 (84) 32073376

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Daniele Maranhão é a nova integrante do TRF1

Na tarde desta terça-feira, 14 de novembro, a juíza federal Daniele Maranhão Costa tomou posse no cargo de desembargadora federal do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. A sessão solene foi realizada no Plenário do Edifício-Sede I do TRF1, em Brasília/DF. A mesa de honra foi composta pelo presidente do Tribunal, desembargador federal Hilton Queiroz; pelo vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Antônio Dias Tóffoli; pela presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz; pelo ministro de Estado da Justiça, Torquato Jardim; pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge; pelo governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg; pelo vice-presidente da Câmara dos Deputados, Fábio Augusto Ramalho dos Santos, e pelo vice-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Luis Cláudio da Silva Chaves, representando o presidente do órgão. O presidente Hilton Queiroz abriu a cerimônia e designou os desembargadores federais Jirair Aram Meguerian e Francisco Neves da Cunha para conduzir a empossanda à tribuna de honra para a leitura do compromisso solene de posse. Em seguida, o diretor-geral, Frederico Maia Bezerra, fez a leitura do termo de posse da magistrada. “Sinto-me muito feliz e realizada. Fui servidora do TRF1, e em 1993 ingressei como juíza. Então, são 24 anos de carreira, e estou muito feliz de poder vir e contribuir como magistrada e como mulher. É uma continuidade, mudamos de local, mas continuamos trabalhando em prol do jurisdicionado”, declarou a empossada. A recém-empossada integrante do Tribunal recebeu o Colar do Mérito Judiciário Ministro Nelson Hungria das mãos da desembargadora Maria do Carmo Cardoso, representando as desembargadoras da Corte e todas as mulheres presentes ao evento. Em seguida, a nova componente do Tribunal foi conduzida pelos magistrados mais antigo e mais novo, Jirair Aram Meguerian e Francisco Neves da Cunha, até ao lugar em que, segundo a ordem de antiguidade, está à desembargadora Danile Maranhão designado no Tribunal Pleno. O Coral Habeas Cantus, sob a regência da maestrina Priscila Martins, acompanhada pelo pianista David Reis, entoou o Hino da Justiça Federal da 1ª Região. Logo após, em homenagem à empossada e a todas as mulheres presentes à cerimônia, o grupo interpretou a música “Maria Maria”, de Milton Nascimento. Para selar o momento especial de sua posse, a desembargadora homenageou seu pai, o juiz federal José Costa Filho, falecido há três meses, com a música “Luar do Sertão”, interpretada pelo solista do Coral Habeas Cantus Renato Ramos com acompanhamento da viola de Bete Silva. No Plenário, foi reservada uma cadeira que foi identificada com o nome do pai da magistrada como mais uma forma de homenagem. Trajetória – A magistrada foi nomeada no dia 19 de outubro pelo presidente Michel Temer depois de compor, pela terceira vez consecutiva, lista tríplice formada pelo Plenário do TRF1. Promovida pelo critério de merecimento, Daniele Maranhão assumiu a vaga decorrente da aposentadoria da desembargadora federal Neuza Alves da Silva, ocorrida no dia 30 de junho de 2017. A escolha dos nomes que compuseram a lista tríplice levou em conta critérios de desempenho, qualidade da prestação jurisdicional, produtividade, presteza no exercício das funções, aperfeiçoamento técnico e adequação da conduta ética dos magistrados. Natural do Rio de Janeiro/RJ, Daniele Maranhão é bacharel em Direto e especialista em Direito Penal e Tributário pela Universidade de Brasília (UnB); pós-graduada em Direto Constitucional pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília (Ceub), em Direito Processual Civil pela UnB, em Direto Liminar do III Milênio pela Universidade Lusíada, em Portugal, e mestre em Direito pela UnB. Daniele Maranhão foi técnica judiciária e analista judiciária no Tribunal Regional Federal da 1ª Região onde atuou como diretora da Divisão de Processos Especiais da Segunda Turma e como assessora do ex-presidente desembargador federal Alves de Lima. Ingressou na magistratura em 1993 como juíza federal substituta da Seção Judiciária de Minas Gerais e titularizou-se juíza federal na Seção Judiciária do Tocantins, onde permaneceu por três anos e meio exercendo a diretoria do foro, de 1997 a 1998, e integrou o Tribunal Regional Eleitoral do Estado. A magistrada foi também diretora do foro da SJDF no período de julho de 2010 a maio de 2012. Atualmente, a juíza federal é professora voluntária na UnB, onde integra grupo de Pesquisa Crítica ao Direito Constitucional e Internacional. Ela será a 12ª mulher a integrar a Corte desde sua instalação, em 1989, e a 5ª desembargadora federal em atividade. Composto por 27 membros, o TRF 1ª Região tem sob sua jurisdição o Distrito Federal e 13 estados da federação: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. TS Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região
14/11/2017 (00:00)
Visitas no site:  63910
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia